terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Ainda um Segredo



Ainda um Segredo


Há muito me guardei para ti

Era da minha alma o mais amado segredo

Que através de um poema me apaixonei

Nem mesma sei como tanto amei

Este mistério de amar-te tanto tempo

Até hoje não desvendei

Será que um dia desvendarei?

Hoje quero que me pegues no colo...

Abrace-me e beije-me,

Quero que me desnude com seu olhar

Hoje quero muito de você

Muito mais do que existe

Entre o céu a terra e o mar...

E estando no seu colo...

Aconchegada em seu peito

Preciso que me possuas

Como as águas de um rio

A percorrerem um leito...

Que mais adiante deságua no mar

Hoje te conheço...

Quero-te do mesmo jeito

És o mais belo enredo

Mas... Continua...

Sendo meu mais amado

E recôndito segredo

Rô Lopes/Mércio Moura

2 comentários:

Silvia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Silvia disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.