sábado, 19 de dezembro de 2009

Prenúncio de Paz




Prenúncio de Paz

Fascina-me brilho de lua
Farfalhar de folhas ao vento
Estrela que seduz alma
E mar o firmamento...

Encanta-me nuvens alvas
Descortinando o sertão
Som de brisa é alvorada
Aplacando coração

Enternece-me perfume de rosas
De toda espécie e cor
Rompendo à tarde morosa
Buscando na noite o amor

Trago olhar de esperança
Lábios em sorriso fugaz
Pressinto o final da guerra
E o prenuncio da paz...

Rô Lopes/Mércio Moura

3 comentários:

xodo disse...

Sim que tenhamos paz.
Perdao mais uma vez, porqe este ´poema me comoveu também, por isso voltei para dizer que nao desista de ser feliz ou de serem felizes.
Eu nao sei como fui me meter nessa de arrependimento.
PRENUNCIO DE PAZ, é o que preciso agora e parabens ao casal pelo amor e sintonia.
Marco (xodo)

DALVALENE ESTRELA MATUTINA! disse...

prenúncio de paz... me fascinou totalmente, parabéns e muita paz mesmo em nossa vida.

Adriana Paranhos Leal disse...

QUERIDA AMIGA PARABÉNS PELO BLOG E AMEI LÊR VCS HOJE
FOI MOMENTO MARAVILHOSO....
É UMA DELICIA CHEGAR NUMA PG ENCONTRAR POEMAS ,PLAVRAS QUE ENCANTAM A ALMA...
AMO VC AMIGA!
E TE ADMIRO MUITO!
PASSE E PEGUE SELINHO PARA VC
POIS QUALQUER UM QUE GOSTE PEGUE TRES POIS SEU BLOG MERECE TODOS OS SELOS QUE VC PUDER GANHAR....BEIJOS
ADRIANA LEAL